segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Capacapa


Por detrás deste corpo,
Existem segredos e vergonhas.
Mas é com um sorriso solto,
Que me transformo no que sonhas.

Escondo as minhas fraquezas,
E exalto a minha força.
Mascaro-me de certezas
E grito, para que toda a gente ouça.

É por detrás desta capa,
Que escondo a minha personalidade.
Uma capa invisível que não desbasta,
E que apenas fala a verdade.

É tipo a minha marioneta,
Que sai da caixa quando eu quero.
Que funciona como seta,
Quando eu mais desespero.



Mas, como já disse aí há uns tempos..



Este mundo é feito de artistas, e eu sou um entre milhões;
Uns são renascentistas e outros rendem-se aos perdões.
No meio desta gente toda, onde será que eu me encaro ?
Serei do tipo mais comum, ou serei do tipo mais raro ?





Soltar ou esconder ?
- Não tenho resposta. Ou melhor, não sei responder..

Um comentário:

  1. Este mundo é feito de artistas, e eu sou um entre milhões;

    LINDO *.*

    ResponderExcluir