quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Mundo Imaginário


Por vezes, damos por nós a pensar que eventualmente, poderíamos viver num conto de fadas, como aqueles dos livros, em que tudo parece perfeito, em que tudo é perfeito..
Mas não nos podemos esquecer, que tudo isso é mentira, que tudo isso é fruto da nossa imaginação.
É apenas o nosso desejo a falar mais alto. É apenas o nosso desejo, que nos obriga a pensar, que nos obriga a imaginar, o que seria, viver num mundo perfeito. É apenas o nosso desejo a sonhar, o que seria, se vivêssemos num mundo onde nada é defeito..
Eu simplesmente poderia chegar ao pé de ti, e perto, bem pertinho do teu ouvido, sussurrar, se gostarias de viver, no meu mundo imaginário.
As palavras que te diria, seriam sagradas.
As palavras que te diria, seriam com certeza, adulteradas..
Rapidamente tu fechavas os olhos, e com as minhas palavras, imaginavas o mundo imaginário.
Rapidamente elas subiam e subiam, até finalmente se gravarem, na tua memória:

Imagina como seria, sentires as vibrações, vibrações do mundo inteiro,
Imagina como seria, sentires o meu espírito, e inalares o meu cheiro.
Imagina como seria, se nos meus lábios secos, pudesses sentir o meu sabor,
Imagina como seria, se nos meus braços imundos, pudesses sentir o meu calor.
Imagina como seria, se apenas com o meu olhar, pudesses viver num mundo de fantasia,
Imagina como seria, se apenas com a minha voz, pudesses ouvir a mais bela sinfonia.


Imagina..
Imagina..

5 comentários:

  1. é verdade, a imaginação tem dessas coisas, os contos de fada guardam com eles a capacidade de nos deixarmos iludir, e tudo o resto... coração+cérebro :)

    ResponderExcluir